Perguntas e Respostas - O Colégio - Colégio PGD
fechar
Maps Telefone E-mail Trabalhe Conosco

FORMULÁRIO DE CONTATO

Para entrar em contato conosco, preencha o formulário abaixo
selecionando o departamento desejado.
(*) campos obrigatórios

Fale com a gente 43 3372 7555

Perguntas e Respostas

Toda mãe e todo pai quer acertar nessa escolha da escola para o filho. Mas tomar essa decisão não é uma tarefa fácil. E nessa hora precisam pesar vários aspectos: o que se ensina, como se ensina, como é o processo de avaliação. E mais importante que isso é identificar se a identidade da escola é compatível com os padrões e valores desejados e oferecidos pela família e, ainda, se os valores declarados são de fato praticados e cultivados na educação que as crianças recebem.

Essas informações deveriam estar na “ponta da língua” de todos os pais e mães, mas nem sempre é assim. Pensando nisso, a equipe de pedagogos e especialistas do Colégio PGD – Berçário e Educação Infantil preparou um conjunto de perguntas e respostas que habitualmente interessam os pais e que vão além de conhecer o espaço físico.

Clique na pergunta e veja a resposta.

  1. O que significa o nome do colégio?

    O nome do Colégio está baseado em I Corintios 10:31: “Portanto... fazei tudo para glória de Deus”. Então, seu significado é este: Para Glória de Deus.

  2. Com que idade os alunos ingressam em cada turma?

    No Berçário atendemos crianças de 4 meses a 2 anos, divididos assim: Nível 1 – bebês que completam 1 ano até dezembro Nível 2 – bebês que completam 2 anos até dezembro Educação Infantil: Nível 3 – crianças que completam 3 anos até dezembro Nível 4 – crianças que completam 4 anos até dezembro Nível 5 – crianças que completam 5 anos até dezembro 1º ano do Ensino Fundamental: Crianças que completam 6 anos até dezembro

  3. qual o horário oferecido pelo colégio para crianças de 0 a 6 anos?

    No Berçário temos turmas no período matutino, das 7h às 12h30, no vespertino, das 13h às 18h30 e no período integral das 7h às 18h30.

    Na Educação Infantil temos turmas no período matutino das 8h às 12h, no vespertino, das 13h30 às 17h30 e no período integral das 8h às 18h45

    No 1º ano do Ensino Fundamental temos turmas no período matutino das 8h às 12h, no vespertino, das 13h30 às 17h30 e no período integral das 7h às 18h45.

    obs. O período Integral é oferecido para alunos de 1º ano que já frequentavam período integral em anos anteriores

  4. qual número de alunos e professores por turma?

    Berçário: Grupos de 4 crianças por professora – Máximo de 36 crianças
    Educação Infantil:
    Nível 3 – 16 alunos e duas professoras
    Nível 4 – 16 alunos e uma professora
    Nível 5 – 16 alunos e uma professora
    1º ano – 16 alunos e uma professora
    Em turmas de Nível 3 sempre há um professor titular e um auxiliar. Nas demais, há um professor titular, e a necessidade de um professor auxiliar é avaliada em função da dinâmica do grupo.

  5. como é o dia do aluno?

    Priorizamos na etapa inicial da escolaridade que as crianças aprendam a conviver, relacionando-se bem com pessoas através da convivência com colegas e professores.

    No Berçário e na Educação Infantil as crianças necessitam de uma rotina que organize a experiência escolar e que as ajude se organizar. Todos os dias são recebidos no portão do Colégio por pessoas preparadas para essa função e encaminhadas ao Berçário ou às salas de aula.

    No Berçário
    Quando chegam ao Berçário os bebês encontram atividades lúdicas variadas, pois a brincadeira é o ponto de partida para todo trabalho. Essas atividades são de escolha dos bebês em pequenos grupos: jogos, massa de modelagem, livros, instrumentos musicais etc.

    Logo vem o lanche preparado e servido na hora pelas cozinheiras e todos se dirigem ao refeitório. Na hora das refeições são estimulados ao paladar, cores, texturas e a usarem as mãozinhas e talheres para se servirem.
    O parque vem a seguir, estimulando cores, texturas (areia), companheirismo e oralidade.
    Depois da areia vem um relaxante banho, deixando os bebês prontos e cheirosos para um delicioso tempo de sono. Quando dão sinais de “quero descansar” são levados ao berço individual. O tempo de descanso varia de criança para criança, conforme instrução da família, normalmente entre uma e duas horas de sono.
    Quando despertam, os bebês são inseridos em grupos de acordo com a idade e interesse. Nesses grupos, as atividades planejadas pelas professoras incluem música, percepções auditiva, visual e tátil, linguagem, memória, criatividade e desenvolvimento motor: rolar, engatinhar, arrastar, correr, girar.
    O almoço e jantar são servidos individualmente com auxílio coletivo das professoras dos grupos.

    Na Educação Infantil e 1º ano
    Quando chegam à sala de aula, encontram suas professoras e seu ambiente sempre com propostas variadas, entre as quais: jogos de faz de conta, jogos de mesa, livros, modelagem, desenho e construção.

    Neste tempo, interagem com seus colegas e brincam com o que escolheram. Depois, todos são responsáveis por guardar os brinquedos e organizar o espaço para uma conversa em roda, na qual se olham, conversam, ouvem a professora explicar sobre as atividades que terão no dia, marcam o calendário e conversam sobre assuntos do jornal, do projeto em estudo ou um tema pensado especialmente pelo professor.

    Então, vivenciam situações que envolvem arte (pintura, modelagem, colagem, desenho), propostas com corpo em movimento (jogos no pátio, brincadeiras cantadas, circuitos motores), sessões de leitura (com leitura de contos, poesias, lendas e fábulas), jogos de mesa e atividades que envolvem a contagem e controle de quantidades, pesquisas e descobertas sobre o projeto em estudo etc.

    O momento do lanche ocorre sempre no meio do período junto com a professora. O parque é diário e acontece em horários diferentes para cada turma e são especiais para compartilhar com amigos e amigas boas conversas e brincadeiras. Há ainda uma aula semanal das disciplinas de Teatro, Educação Física, Educação Musical, Formação Cristã, Informática e duas aulas de Língua Inglesa, com professores especialistas nas áreas. Chamamos essas aulas de complementares, pois, como o nome já diz, elas complementam o trabalho do professor de sala.

    Fechando a rotina, a saída é um momento feliz de reencontro com a família! Os bebês e as crianças ficam em sala com a professora (até o horário de término da aula) até que os pais cheguem.

  6. como as aulas complementares acontecem

    No Berçário, as aulas de Musicalização, Formação Cristã e Psicomotricidade são realizadas por professores especialistas. São eles que determinam as atividades a serem desenvolvidas e elas acontecem em parceria com os demais professores.
    Na Educação Infantil, os professores de Inglês, Educação Física, Teatro, Formação Cristã, Educação Musical e Informática integram a equipe pedagógica e suas ações são planejadas em sintonia com os projetos de cada série.
    Nas aulas de Inglês essas ações acontecem na sala de aula em diferentes momentos da rotina das turmas, desde a hora do lanche ou ao parque até as brincadeiras cantadas, os jogos, as rodas de conversa, a leitura e a pesquisa – o objetivo é tornar a comunicação em inglês freqüente e familiar. As aulas de Língua Inglesa na Educação Infantil são ministrada para alunos dos Níveis 4 e 5, em encontros que acontecem duas vezes por semana.

    As aulas de Educação Musical acontecem uma vez por semana na sala de musicalização, embora as crianças dancem e cantem todos os dias, com as professoras de classe. A aula de Educação Musical incorpora a produção musical (ritmo, melodia, tempo sonoro, etc.), uso e confecção de instrumentos.

    Quanto à Informática, priorizamos o uso em projetos: entramos na internet quando estamos pesquisando com as crianças, visitando sites que potencializam os processos de aprendizagem tanto do uso dessa mídia quanto dos conteúdos relativos ao tema de estudo. As crianças também utilizam vários software educativos além de programas editores, onde produzem seus textos e criam com o Word e Paint Brush, por exemplo.

  7. qual é a formação das professoras do colégio pgd?

    Todas as professoras responsáveis por turmas são graduadas em Pedagogia, e algumas têm especializações na área de educação. A equipe é composta também por professores especialistas, graduados em Educação Física, Música, Tecnologia na Educação e Língua Estrangeira. Toda a equipe participa frequentemente de ações de supervisão, grupos de atualização e aprofundamento que apóiam sua evolução permanente.

    Semanalmente, todos se reúnem para avaliar o trabalho realizado, estudar e discutir dinâmicas de aula, planejar e encaminhar as atividades propostas. Além da formação técnica de nossa equipe pedagógica, o Colégio PGD também preza pela formação afetiva, que é um dos nossos principais diferencias.
    Os professores de aulas complementares são formados e especializados cada um em sua área de atuação.
    A formação continuada da equipe é incentivada pelo Colégio com a participação das coordenações, supervisões, grupos de estudo e aprofundamento que apóiam sua evolução permanente.

  8. como funciona o processo de adaptação?

    É importante que os pais com os filhos conheçam a escola, caminhem pelo pátio e dependências e conversem com as pessoas. Desta maneira as crianças se sentem mais seguras para ficar no Colégio na ausência dos pais.

    Antes do início das aulas, promovemos um encontro no qual os pais dos alunos têm a oportunidade de conhecer as professoras de seu filho (a) e de entregarem o material.

    Neste encontro priorizamos a integração e o estabelecimento de vínculo da criança com a professora e outros adultos que acompanham o dia-a-dia no Berçário e na Educação Infantil.

    Nas primeiras semanas a coordenação e os professores observam o processo de cada aluno para orientar as famílias sobre como facilitar e estimular o processo de desenvolvimento do filho. Também recebem informações sobre a rotina da turma.

    Não trabalhamos com a família dentro da sala de aula, pois entendemos que assim a criança passa por uma única adaptação. Do contrário, ela passaria por duas: uma com alguém da família e outra quando este “alguém” tiver que se ausentar.

  9. as crianças levam o lanche de casa ou a escola oferece?

    Incentivamos um lanche diversificado e saudável no ambiente escolar.
    No Berçário todas as refeições do período são preparadas e servidas pelo Colégio. O cardápio é elaborado pela nutricionista e executado pelas cozinheiras exclusivas deste setor.

    A partir do Nível 3 as crianças trazem o lanche de casa, em suas lancheiras pessoais. O horário do lanche é feito com a professora; é um momento com objetivos, confraternização e aquisição de hábitos alimentares e de boas maneiras.

    São proibidos refrigerantes, salgadinhos de pacote, balas e chicletes, que, além de não fornecerem os nutrientes necessários, prejudicam a aceitação de outros mais adequados. Há um dia agendado mensalmente para o Lanche Diferente em que tudo fica liberado.

    As professoras indicam aos pais lanches de interesse de seus filhos e compartilham questões relacionadas a recusas específicas.

  10. as crianças brincam? e as professoras brincam com elas?

    Para todos os educadores a brincadeira no PGD é coisa séria. Acreditamos que brincar é uma das linguagens características da infância e sabemos o quanto as crianças aprendem e crescem mais saudáveis quando têm a oportunidade de brincar em diversos contextos e com diferentes desafios, expressando sua imaginação, atuando em diferentes papéis.

    Há muitas formas das professoras brincarem e participarem das brincadeiras com seus alunos. Algumas vezes organizam o espaço e os materiais e observam a interação entre as crianças. Outras entram pra valer na brincadeira, submetendo-se às regras do faz-de-conta proposto por elas.

    Durante as brincadeiras livres ou dirigidas há todo o cuidado nas relações e no afeto com que se dedicam aos alunos. Observando as brincadeiras das crianças, os professores têm a rica oportunidade de conhecer suas preferências, perceber as ações e reações nos momentos de conflito e reconhecer o jeito mais confortável de intervir com cada aluno.

  11. como as educadoras atuam frente às disputas e eventuais ações físicas que acontecem entre as crianças?

    Entendemos os conflitos como parte das relações, do desenvolvimento de autoestima e autonomia, principalmente nas classes de Educação Infantil, nas quais há coincidência de desejos todo o tempo. Portanto, eles são previstos, e as professoras atuam de modo a aproveitar essas situações para a formação de valores, para favorecer a construção de tolerância e expressão verbal dos sentimentos, propor acordos, pedir ajuda do adulto etc.

    No Colégio PGD predomina um ambiente sociomoral em que as relações são harmoniosas e há grande incentivo ao respeito mútuo, ao uso de expressões elegantes e delicadas entre crianças e adultos.

  12. como é o material didático usado no colégio?

    A escolha do material didático para Educação Infantil foi feita com muito cuidado, para que servisse de apoio a aprendizagem dos alunos e não interferisse na identidade e na proposta pedagógica do Colégio. Assim, usamos os livros da Rede Pitágoras, pois se trata de um material “não conteudista” e que incentiva a descoberta pela exploração, pesquisa e principalmente estimula o pensamento. Portanto, o professor e as crianças não precisam ficar presos à realização de atividades ou exercícios no livro, mas o utilizam como instrumento de aprendizagem.

  13. como funciona a comunicação entre a escola e a família?

    Há uma agenda individual fornecida pelo Colégio que fica na bolsa do aluno. Nela são anexadas informações e comunicados sobre todos os assuntos escolares.

    As questões pontuais são tratadas por telefonemas, de acordo com a necessidade, através das anotações (números de telefones, celulares) que as famílias fazem na Ficha Informativa do aluno. Esta ficha é entregue pela escola e preenchida pelos pais e fica arquivada na secretaria do Berçário e Educação Infantil.

    Os pais são autorizados a entrar no ambiente da escola, com acesso às professoras e à equipe de coordenação sempre que desejarem. Nos horários de entrada e saída pedimos que as conversas sejam breves, pois a prioridade é dada às crianças que estão em sala.

    Quando necessário, há as entrevistas individuais, que tratam de questões específicas de cada aluno e podem ser solicitadas pelas famílias ou pelo Colégio a qualquer momento do ano escolar. Em algumas situações, são solicitadas pela equipe da escola.

    Há também as reuniões de pais com espaços destinados à comunicação dos processos coletivos.

  14. os pais vão à escola?

    Os pais têm acesso livre ao colégio. Além disso, ao final de cada projeto os pais são convidados a apreciar alguns trabalhos desenvolvidos. Além de prestigiarem as apresentações musicais, teatrais ou em datas comemorativas, feitas pelos alunos. É mais uma oportunidade de estar junto com outros pais.

  15. como é feita a avaliação de crianças na educação infantil?

    Há todo momento avaliamos as crianças. A observação dos educadores é diária e eles conhecem cada um de seus alunos, podendo antecipar como reagirão aos desafios e que tipo de ajuda será necessária para que aprendam com êxito. Quando planejamos uma atividade – seja uma sessão de leitura ou uma brincadeira – temos clareza dos nossos objetivos e dos conteúdos envolvidos, o que nos permite fazer ajustes e oferecer ajuda, seja orientando as crianças na execução das propostas ou estabelecendo parcerias entre elas.

    A cada semestre as famílias recebem um documento de avaliação individual, que descreve e comenta as experiências e aprendizagens vividas pela criança na escola em cada aspecto da vida: emocional, cognitivo, motor, formação de hábitos etc.

  16. o processo de alfabetização começa na educação infantil?

    Sim. Entendemos que a alfabetização se inicia quando bebê. No momento em que as crianças começam a se formar como falantes e ouvintes buscam informação sobre diferentes assuntos, desejam compartilhar com o adulto cuidador (pais, professores) suas experiências, ampliam seu desejo pela leitura, vão se desenvolvendo cada vez mais a caminho da alfabetização plena. Isso tudo começa pelo reconhecimento do seu nome e dos colegas, como também pela identificação das suas produções gráficas. Aí então, entram em contado com um vasto universo relativo às práticas de linguagem.

    A formalização dessa aprendizagem acontece progressivamente em cada série e culmina na apropriação do sistema de escrita, durante o 1º e 2º ano do Ensino Fundamental.

  17. o colégio oferece transporte escolar?

    A escola oferece transporte exclusivo para alunos do PGD, através de empresas terceirizadas, cujo contrato é feito diretamente com as empresas. A definição por uma ou outra depende da região de residência do aluno.

  18. é permitido ao aluno permanecer na escola após o encerramento das aulas?

    Após o encerramento da aula os pais têm 15 minutos de tolerância para buscar os filhos. Embora haja funcionários após o período de aula, não é bom para a criança esperar muito tempo nem que ela veja os amigos e a professora irem embora enquanto ela permanece ¨sozinha¨. Orientamos às famílias a se organizarem para que os horários sejam cumpridos.

  19. o colégio oferece atividades extracurriculares?

    Sim. Após o horário de aula do período vespertino são oferecidas diversas atividades esportivas, culturais e pedagógicas divididas em OFICINAS. Como dança, patinação, teatro, robótica, xadrez e muito mais. Além de uma série de projetos, específicos à faixa etária e série, que estimulam novas ideias, valorizam a criatividade e reforçam talentos.

  20. como é o ensinamento cristão?

    O Colégio PGD é uma escola que tem uma visão cristã para a formação de seus alunos. Não se trata de uma escola religiosa e também não está vinculada a igreja. O amor a Deus é trabalhado e incentivado como sendo Aquele que tudo criou e que ama a cada um de nós. Os professores são selecionados pela capacidade pedagógica e não pela religião, embora participem de uma vida cristã. Eles são incentivados a ensinar os conteúdos escolares promovendo um ambiente de aprendizagem pacífico, cooperativo e amoroso, conforme os padrões morais cristãos. O desenvolvimento de traços de caráter cristão (honestidade, obediência, amor ao próximo, solidariedade, disciplina, respeito, perdão, gratidão) é um dos alvos das diversas atividades escolares e os alunos, professores e funcionários são incentivados a evidenciarem tais traços em sua prática diária.

  21. Como se desenvolve o ensino de Inglês no PGD?

    O Colégio PGD oferece um curso diferenciado de Inglês aos alunos desde o Infantil até o Fundamental 2 com uso de material importado, onde as quatro habilidades (ler, escrever, compreender e falar) são praticadas. As aulas são ministradas para turmas de, no máximo, 15 alunos. Além disso, possui uma gama de componentes digitais que acrescenta variedade às aulas e permite um ritmo mais realista. Tudo isso propicia ao aluno maior competência, constrói a confiança e capacita os alunos também para atividades extras.

    No primeiro semestre do ano letivo, durante as aulas normais, os alunos do Fundamental 1 e Fundamental 2 são apresentados aos exames internacionais da Universidade de Cambridge (YLE - KET – PET e FCE) através de simulados. Diante desses resultados, assim como da demonstração de motivação, interesse e empenho em sala de aula, eles são convidados a conhecer melhor a estrutura dos mesmos e se preparar para realizá-los. A informação sobre o resultado desses simulados é enviada aos pais através de informativos.

    Os alunos do Ensino Médio usam a apostila do Pitágoras e desde a 1ª. série são preparados com foco em estratégias de aprendizagem e apoiados por uma variedade de formatos de perguntas e textos para o vestibular.

 

Agende uma Visita!